Posso usar o WhatsApp em ambiente hospitalar?

whatsapp medicoCom a evolução dos meios de comunicação, é inevitável que surjam questionamentos e consultas sobre a utilização do WhatsApp e aplicativos de comunicação similares em ambientes hospitalares.

De acordo com o parecer divulgado pelo Conselho Federal de Medicina em junho de 2017, passa a ser permitida, sob caráter privativo, a comunicação entre médicos e pacientes, bem como somente entre médicos, via WhatsApp e plataformas similares.

É permitido o envio de dados, esclarecimento de dúvidas e criação de grupos formados exclusivamente por profissionais médicos, com o objetivo de discutir casos que demandem a intervenção de diversas especialidades médicas. Porém, neste último caso, é necessário seguir algumas regras:

  • Todos os integrantes do grupo devem ser médicos registrados no Conselho de Medicina, e qualquer tipo de assunto discutido está coberto por sigilo;
  • Nenhuma discussão pode fazer referência a casos clínicos identificáveis, sendo proibido exibir pacientes e/ou retrato dos mesmos em meios de comunicação por meio de anúncios profissionais e divulgação de assuntos médicos, mesmo que haja autorização do paciente;
  • Os profissionais que participam destes grupos são responsáveis por todas as informações, opiniões, palavras e mídias disponibilizadas durante as discussões;

Possui dúvidas sobre o que é permitido pelo CFM para realização do Marketing Médico? Mande sua pergunta para antendimento@designkapital.com.br que um especialista irá respondê-lo.


Vinícius Bognone
Vinícius Bognone

Jornalista, redator, revisor e tradutor de textos, pós-graduado em gestão de mídias digitais, é apaixonado por esportes e gosta de cozinhar.

×
Oi, posso te ajudar?