O médico pode ter facebook?

Muitos doutores me perguntam se o CRM permite ou não o uso do facebook para médico. E para esclarecer essa dúvida, saiu uma reportagem muito interessante na revista Veja São Paulo, no dia 11 de fevereiro de 2015.

Na matéria, Lavínio Nilton Camarim, da Comissão de Divulgação de Assuntos Médicos (CODAME), explica que “O sensacionalismo, a autopromoção e as promessas de resultados não podem acontecer porque configuram concorrência desleal com os colegas de profissão”. Os doutores podem postar suas informações, mas é preciso deixar claro que é sempre necessário passar por um especialista.

O dr. Drauzio Varella, comenta que possui uma equipe de seis pessoas para o ajudar a manter atualizado o site e página no facebook com mais de 1,5 milhões de fãs. “Graças às informações que circulam no mundo virtual, as pessoas chegam mais esclarecidas ao consultório e conseguem expor melhor o problema pelo qual estão passando”, afirma Varella.

E uma das partes que eu mais gostei, foi esse trecho: “Quando os pacientes começaram a recorrer à internet para poder discutir questões de saúde com os especialistas, o fenômeno, batizado de “Doutor Google”, chegou a incomodar alguns profissionais da área. O caso de Drauzio Varella e de outros colegas mostra como os médicos estão virando o jogo a seu favor. EM vez de ficarem incomodados com os questionamentos, eles agora usam a ferramenta para divulgar notícias importantes e, é claro, os próprios serviços”.

Veja a matéria completa:

noticia-veja1
noticia-veja2

admin