5 Dicas de SEO para seu Blog aparecer no Google

Quando criamos uma estratégia de marketing de conteúdo, um dos objetivos das ações é ser encontrado pelo público certo. Já falei, anteriormente, sobre como você faz para ser visto pelas pessoas certas nas redes sociais. Mas, ainda mais importante do que estar nas redes sociais, é estar no Google.

Atualmente, para aparecer no Google, há duas maneiras: ranqueamento orgânico (gratuito) e anúncios pagos. Bom, como o próprio nome diz, os anúncios pagos são aqueles em que você cria campanhas no Google AdWords e escolhe palavras-chaves específicas que devem ser pesquisadas pelas pessoas que estão na sua região de atendimento para mostrar os seus anúncios. É você quem determina o quanto quer pagar por cada clique para seus anúncios ganharem mais destaque e você pode modificá-los e editar as configurações como julgar necessário para ganhar mais cliques.

Mas e o ranqueamento gratuito? Garanto que não é uma seleção aleatória!

Search Engine Optimization

Para que você seja encontrado pelo Google de forma gratuita, é preciso ter conteúdo relevante e de qualidade em seu site. E a melhor maneira de fazer isso, é com um Blog, uma área para você publicar textos sobre sua área de atuação.

Entretanto, fazer com que seus textos sejam encontrados pelo Google exige alguns cuidados… caso você não use o SEO (Search Engine Optimization) corretamente, de nada adiantará publicar no Blog.

Sabemos que essa é uma preocupação recorrente entre os médicos que querem fazer o seu próprio marketing digital. Por isso, confira aqui:

As Boas Práticas de SEO para aplicar em seu Blog

1. Escolha as palavras-chaves

A palavra-chave deve ser o cerne do seu texto, pois é ela que ativará o gatilho no Google para ele encontrar seu Blog. E não deixe que o termo “palavra-chave” te engane! Você pode escolher uma frase como, por exemplo, “como se preparar para uma cirurgia”.

Após escolher qual será a palavra-chave, você precisará deixá-la em locais estratégicos ao longo do texto: no título principal, no corpo do texto, em subtítulos e, se possível, em outras páginas que você linkar.

2. Atenção à estrutura do texto

Se você tem o costume de acompanhar alguns Blogs, já deve ter percebido alguma semelhança na estrutura dos artigos, mesmo que em sites diferentes e nada relacionados entre si.

Isso porque, na verdade, quando você separa o texto em subtítulos, o Google entende que há maior possibilidade de seu conteúdo ser o mais completo. Claro, os subtítulos também devem ser bem específicos e, sempre que possível, conter a palavra-chave ou até mesmo uma variação dela. Por exemplo: se você decidiu que “hipertensão” é a palavra-chave, pode muito bem usar “pressão alta” em um dos subtítulos.

Caso você esteja publicando em um site do WordPress, você poderá selecionar os subtítulos na área “Parágrafo”, como na imagem abaixo:

formatando os títulos para o seu Blog

Editor de texto do WordPress.

3. Use links internos e externos

Um link interno é quando você direciona a pessoa para uma página dentro do mesmo domínio do Blog. Já um link externo, é aquele em que o conteúdo está em outro site, em um domínio diferente. Eles são muito importantes para ajudar o Google a confiar no seu conteúdo!

Os links externos são indicados para quando você possui um site para a clínica médica e um pessoal para si. Ao inserir um link do seu Blog, por exemplo, direcionando para o site da clínica, isso dá mais visibilidade para o que está recebendo o direcionamento porque o Google entende que aquele site é referência e, portanto, merece ser mais destacado do que os concorrentes. E o caminho inverso, da clínica para o Blog, também é válido!

Agora, vamos supor que você esteja falando sobre um tipo de tratamento ou doença que já foi abordado antes em seu Blog. O que você faz? Insere um link para esse texto! Quando você faz isso, cria-se uma conexão entre esses artigos e permite que as informações de um complementem o outro. Este é o link interno.

4. Ilustre o texto com imagens

Uma imagem vale mais que mil palavras, certo? Então, não se esqueça de inseri-las em seus artigos. Mesmo que você não adicione imagem alguma no corpo do texto, sempre escolha uma imagem de destaque, que é aquela que ficará aparecendo junto com o título.

insira imagens nos textos do seu Blog

Imagens de destaque nas Dicas da Kapital.

E, ao inserir a imagem, lembre-se de deixar o nome do arquivo bem alinhado com o conteúdo do artigo em que ela será publicada e de inserir o título e o texto alternativo (“Alt”) para que o Google consiga encontrá-la. Podemos dizer que eles são tão importantes quanto o título do seu texto, e deverá trazer, novamente, a palavra-chave ou alguma variação dela.

No WordPress, o texto alternativo aparece assim:

inserindo o texto alternativo nas imagens do Blog

Informações da imagem no WordPress.

5. Evite “encher linguiça”

Muito já foi discutido sobre o tamanho ideal para que um artigo fique bem ranqueado no Google… se ele deve conter mais de 500 palavras, se deve ser ainda mais longo. Mas, no final, a regra que rege é: quanto mais completo e objetivo, melhor.

Isto é, se você conseguiu explanar algo muito bem em 300 palavras, não há motivo para alongar o texto. Caso você não se sinta satisfeito, termine com um CTA (Call-To-Action ou Chamada para Ação) convidando o leitor a entrar em contato com você ou a compartilhar o artigo em seu perfil no Facebook.

E também, não se preocupe caso alguma pesquisa ou estudo seja lançado e mude o que foi explicado, pois você poderá criar um novo texto, mencionando (e linkando!) o antigo, para falar sobre essa atualização. Afinal, o Blog é seu e você tem o controle sobre todo o conteúdo!

DICA BÔNUS: Use e abuse das redes sociais!

Lembre-se de que o ranqueamento orgânico não virá imediatamente após a aplicação do SEO. É preciso ainda que as pessoas acessem o site, leiam os artigos e naveguem entre as várias páginas do site para que o Google entenda que aquele conteúdo está sendo bem aceito pelos usuários e, portanto, é relevante.

Por isso, compartilhe o link dos artigos na medida em que você for publicando. Convide parentes e amigos para ler seu Blog e compartilhar o conteúdo em seus perfis. Faça um vídeo nos Stories do Instagram e coloque o link do novo texto na bio.

Não tenha medo de fazer algum barulho. Afinal, com tanta informação instantânea chegando aos usuários, é preciso se destacar!

“Tranquilo! Tenho mais de 300 pessoas clicando nos meus anúncios do Google toda semana”. Não! Essas pessoas não contam, pois as visitas precisam ser orgânicas e, por isso, realmente levará algum tempo para conseguir o ranqueamento gratuito. Então, quanto antes você começar, melhor.

Se você não está convencido de que realmente precisa ter um Blog em seu site, aqui temos 5 ótimos motivos para você começar a escrever hoje mesmo. E, agora que você já conhece as boas práticas de SEO para ranquear seu Blog no Google, está na hora que colocá-las em prática. Bom trabalho e não desista! 😊

 


Eloisa Gouvea
Eloisa Gouvea

Especialista em marketing digital, atua como analista e tráfego na Kapital. Pisciana com ascendente em libra, acredita em finais felizes e sabe que o tempo não para. Ama o que faz e encontrou grande prazer na musculação. #nobrainnogain

×
Oi, posso te ajudar?